Rede de hotéis é parceira do Miss Mato Grosso há mais de 20 anos

20
Fevereiro

Rede de hotéis é parceira do Miss Mato Grosso há mais de 20 anos

Escrito por 
Publicado em Cultura

 

 

A realização do Miss Mato Grosso Be Emotion 2019 marcou uma trajetória de sucesso do concurso que comemora décadas de glamour e valorização da mulher mato-grossense. A partir de 1985, o evento alcançou alto nível profissional, reconhecimento internacional e parcerias importantes como a Rede de Hotéis Mato Grosso, que há 22 anos hospeda as jovens com carinho e cuidados especiais. A parceria começou em 1997, no "Miss Brasil Word", realizado no Hotel Fazenda Mato Grosso, local onde ainda acontece o evento. A vencedora deste ano foi Ingrid Cristina Santin, de Rondonópolis, eleita na última quinta-feira (14.02).

 

Os hotéis da rede abrigam as candidatas, desde os dias de "confinamento" até a coroação. Segundo o idealizador e realizador do Miss Mato Grosso, Warner Willon, a Rede de Hotéis Mato Grosso sempre acreditou no potencial do evento e nos resultados. "Os proprietários são os grandes precursores do turismo de nosso estado e nunca deixaram de promover Cuiabá, cidade que mora no coração de cada um deles. O concurso tem o apoio total da rede em todas as etapas e as misses adoram ficar lá pela hospitalidade e carinho com que são tratadas", lembra. A hospedagem das misses é no Paiaguás Palace Hotel.

 

Ingrid, a grande vencedora do Miss Mato Grosso 2019, destacou os cuidados da equipe do hotel nos cinco dias que ficaram hospedadas. "Fomos muito bem recebidas por todos, inclusive pelo empresário Luis Carlos Nigro, incentivador do evento. Receber a coroa foi uma honra pra mim", contou emocionada, ao dizer que a próxima etapa será no dia 10 de março no Miss Brasil. "Estou confiante, quero levar o nome de Mato Grosso e de Rondonópolis para todo o Brasil", garantiu.

 

Para Luis Carlos Nigro, um dos diretores da empresa hoteleira, Mato Grosso é um berço de beleza e a rede de hotéis é uma grande apoiadora do evento de Warner Willon há mais de duas décadas. "A realização do concurso Miss Mato Grosso é uma história de muitas vidas e, principalmente, de trabalho e perseverança do amigo Warner Willon, com a parceria da nossa empresa. Desde o início fomos parceiros e incentivamos muito esse concurso maravilhoso, que ganhou forma, cresceu e hoje é um sucesso", afirmou.

 

Nigro lembrou da hospitalidade da rede e do comprometimento de toda a equipe. "A hospitalidade é o nosso carro chefe. Temos em todos os hotéis pessoas competentes, colaboradores que fazem com que o hóspede se sinta em casa. É um prazer muito grande poder receber as pessoas aqui em Cuiabá, sempre de braços abertos, seguindo a tradição do avô Oliveira e dos nossos pais Lourdinha e Leopoldo", enfatizou.

 

História

 

Ao lado das candidatas do concurso Miss Mato Grosso Be Emotion 2019 estiveram presentes a Miss Brasil 1985, Marcia Gabrielle, natural do Rio de Janeiro e "filha de coração de Mato Grosso". Ela foi a primeira miss mato-grossense a conquistar o Miss Brasil, na época organizado pelo apresentador Silvio Santos. "Eu me sinto muito bem em ficar num lugar que se parece com a minha casa, pelo carinho e a hospitalidade. Este ano ganhei uma amiga, a camareira que esteve o tempo todo me ajudando. Aqui no hotel, todos agem como se fossem da família", conta. Esteve também presente no evento a Miss Brasil 2000, Josiane Kruliskoski, de Sinop. Além delas, Mato Grosso teve ainda Jakelyne Oliveira que ganhou o título de Miss Brasil em 2013.

 

Em 1985, Warner Willon estava na arquibanca do Ginásio Dom Aquino assistindo ao primeiro Miss Mato Grosso. Ele relata que foi um show de beleza feito pelo apresentador Silvio Santos. Naquele ano, Mato Grosso ganhou o primeiro título de Miss Brasil com Marcia Gabrielle. Em 1986, Warner realizou seu primeiro concurso Miss Rondonópolis e, por ser natural daquela cidade, passou a realizar muitos eventos em prol da beleza feminina.

 

Ele lembra das mudanças ocorridas ao longo do tempo de realização dos concursos. "Em 1989, as garotas participavam dos eventos sempre acompanhadas dos pais ou namorado. A idade mínima era 18 anos. A emancipação e independência das jovens proporcionou mudanças no comportamento, por isso, foi necessário ampliar a idade mínima para 19 anos, para garantir certa maturidade ao evento", conta. A partir daí, completa o promoter, muita coisa mudou nos concursos de todo o Brasil, desde a maquiagem até o vestuário.

 

A 60º edição do concurso Miss Mato Grosso contou com 19 candidatas representantes dos municípios de Acorizal, Cuiabá, Distrito do Coxipó do Ouro, Chapada dos Guimarães, Campo Novo dos Parecis, Campo Verde, Sinop, Primavera do Leste, Rondonópolis, Querência, Tangará da Serra, Santo Antônio do Leverger, Várzea Grande, Sapezal, Pedra Preta, Paranatinga, Lucas do Rio Verde, Poconé e Nossa Senhora do Livramento.

 

As três finalistas, por ordem de classificação, foram: Ingrid Santin (Rondonópolis); Luana do Prado Wegner, (Querência) e Nathalia Franzoni Bovolon (Sapezal).

 

Fotos: Assessoria

Lido 438 vezes
Avalie este item
(0 votos)

banner lateral

 

GRUPO ENTREVIA

(65) 9 8404-6977 (OI)
(65) 9 9953-8309 (vivo) Whatsapp
(65) 9 9210-1819 (Claro)
(65) 9 8121-9249 (Tim)

O Grupo

Redes Sociais

Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro do Grupo Entrevia..

Facebook Twitter RSS Pinterest Youtube Google+

GPlus Flickr Blogger/ Vimeo Picasa Instagram

GRUPO ENTREVIA - EVENTOS EM GERAL- TEATRO - DESIGN GRAFICO - FOTOGRAFIAS - ASSESSORIA GLOBAL