Dia do Ortopedista reforça a Valorização Profissional

19
Setembro

Dia do Ortopedista reforça a Valorização Profissional

Escrito por 
Publicado em Saude Beleza Moda

 

Comemorado em 19 de setembro, o Dia do Ortopedista é mais que uma data de festividades para os profissionais brasileiros, mas também um momento de conscientização da importância desses médicos, responsáveis por esta complexa especialidade que proporciona avanços, curas e qualidade de vida a quem precisa.

Responsável por cuidar das patologias e deformidades relacionadas ao aparelho locomotor, como ligamentos, músculos, ossos e articulações, essa especialidade médica também possui o intuito de ajudar a melhorar a qualidade de vida e o bem-estar da população.

A caminhada para se tornar um médico ortopedista é árdua. O primeiro passo é ser aprovado no vestibular, cursar e concluir um curso de Medicina, reconhecido pelo MEC, com seis anos de duração, em período integral. Na sequência, é necessário ser aprovado numa prova mais concorrida ainda, a da Residência Médica, em serviços credenciados pelo MEC ou pela SBOT. A Residência Médica em Ortopedia e Traumatologia tem duração de três anos, no regime integral. Em alguns serviços, a partir de 2021, serão 4 anos de duração. Depois disso, é necessário passar pela Prova de Título da SBOT, composta por prova escrita, prova de anatomia, prova prática de exame físico, prova prática de técnica cirúrgica, prova oral de discussão de casos clínicos. Essa prova é reconhecida internacionalmente pela qualidade em avaliar globalmente os candidatos. Após a obtenção do Título de Especialista da SBOT, há ainda um treinamento nas diversas subespecialidades dentro da Ortopedia. A duração desse treinamento varia entre 1 e 3 anos e funciona como uma imersão dentro da subespecialidade com treinamento cirúrgico específico na área. Ao concluir essa especialização, ainda existe uma prova de título específica para cada uma dessas subespecialidades. São mais 10 anos de estudo e uma vida dedicada a atualizações em congressos e especializações.

"Aqui em Mato Grosso, temos em nosso quadro de associados da SBOT, especialistas em Ortopedia e Traumatologia, devidamente titulados e registrados no Conselho Regional de Medicina (CRM), com Registro de Qualificação de Especialista (RQE). Possuímos especialistas em todas as subespecialidades cirúrgicas da ortopedia, como mão e microcirurgia, coluna, quadril, ombro e cotovelo, joelho, pé e tornozelo, oncologia ortopédica, ortopedia pediátrica, reconstrução e alongamento ósseo /fixadores externos, ortopedia esportiva, dentre outras. Hoje, aqui no Mato Grosso, a Ortopedia é capaz tratar todas doenças ortopédicas com a mesma qualidade dos grandes centros do Brasil ", esclarece o presidente da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, regional Mato Grosso (SBOT-MT), Dr. Renam Bumlai.

Todos esses passos são necessários para comprovar a capacidade técnica do médico titulado e registrado no CRM. "Por isso, ressaltamos a importância de se consultar com um médico ortopedista titular da SBOT, capacitado e altamente preparado para atender a todos com mais segurança", finaliza o médico.

Localize um ortopedista SBOT no site oficial da sociedade:

 

 www.sbot.org.br ou www.sbotmt.org.bri

 

Sobre a SBOT

A SBOT é uma associação nacional de especialidade médica responsável por congregar os especialistas em Ortopedia e Traumatologia. A Sociedade promove e tem a responsabilidade na formação de especialistas, além de prover condições para atualização permanente, sob a forma de ensino, pesquisa, educação continuada, desenvolvimento cultural e defesa profissional.

Lido 89 vezes
Avalie este item
(0 votos)

banner lateral

 

GRUPO ENTREVIA - EVENTOS EM GERAL- TEATRO - DESIGN GRAFICO - FOTOGRAFIAS - ASSESSORIA GLOBAL